Tentando “desconfusar”

Oi, gente! Tudo bem?

Hoje o texto é curtinho só pra te fazer pensar em uma palavra e no sentimento que ela causa: confusão.

Confusão entre algo que você quer ou precisa. Confusão entre seguir a intuição ou a razão. Confusão entre dois amores. A escolha sempre vai ser difícil, mas o meu conselho é: escolha o que vai te fazer feliz em todos os sentidos.

Não se prenda a opiniões alheias ao que você está sentindo e lembre-se, ainda que o opinador seja próximo a você, ele não sabe o que você está sentindo ou pensando de verdade. A opinião dele é baseada em um achometrô do que ele faria, quando na verdade nem ele mesmo sabe.

Escolha aquilo que vai te deixar com a consciência tranquila e o coração leve depois que a decisão for tomada para que o alívio tome o lugar da amargura e insegurança que ocupavam sua mente e coração e sinta-se livre de tudo aquilo que te chateava.

Você promete tentar?

 

Até o próximo sábado. 😉

Um beijo! ;*