Livre para voar

Oi, gente! Tudo bem?

Esses dias estive pensando para onde iria se pudesse voar. Todo os lugares que desejo visitar surgiram na minha mente: Egito, Paris, Suíça, Dinamarca… Me peguei imaginando como seria quando chegasse nestes lugares, como seria o impacto de uma cultura diferente.

Eu sempre quis conhecer o mundo. Na verdade, ainda quero. Infelizmente isso ainda não é possível, mas acredito que esse tenha sido um dos motivos pelos quais me apaixonei pela leitura e escrita: poder estar onde quero e quando quero. Dessa forma, sempre visitei os lugares que quis, ainda que através da minha imaginação.

Mas pensando para onde iria se pudesse voar, me dei conta de que estou exatamente onde deveria estar, porque voar não significa apenas ir para outro lugar, mas também ser livre para ser quem você deseja ser.

Então te faço uma pergunta: você tem voado? Tem tido liberdade para ser você?

Muitas vezes isso é complicado, principalmente quando estamos passando pela adolescência e nossa família não aceita algumas coisas. Ou quando estamos descobrindo alguma característica nossa e somos criticados por nossos amigos. É normal. O que não deve ser normal é você se retrair e passar a mascarar aquilo que você é por conta da opinião alheia.

Seja sempre você mesma. Nunca aja contra a sua verdade para agradar outra pessoa, pois o seu compromisso de felicidade precisa ser assumido apenas com você. Além disso, não dá pra agradar todo mundo, não é? Pensa nisso!

 

Até o próximo sábado.  😉

Um beijo!  ;*